Canal da Foto

5 Cuidados na hora de escolher seu professor de fotografia

CUIDADO!

Ao longo dos últimos anos tenho reparado alguns problemas enfrentados por aqueles que querem aprender fotografia.

Alguns pagam muito caro e mesmo assim saem dos cursos sem aprender nada.
E mesmo que o curso seja presencial e de graça, você paga com o seu tempo, combustível, passagens, alimentação, etc.
Não fosse o prejuízo financeiro, ainda tem o prejuízo intelectual. Você aprende coisas erradas que levam mais tempo para serem desconstruídas pelo novo professor.
Sem contar numa possível frustração que poderá lhe fazer desistir da fotografia antes mesmo de começar de verdade.

Se você não passou por isso tenho certeza de que não gostaria de passar.
Hoje em dia está parecendo uma roleta russa! A maioria das pessoas entra em cursos (principalmente quando estão começando) e não sabem onde estão colocando os pés.
Não para por aí.
Cada vez que converso até com profissionais da área, vejo o quanto falta embasamento.
Quer um exemplo?
Esses dias conversei com um profissional que comentou que não conseguia fazer foco com o celular por conta de um vidro sujo. Disse que a câmera ficava caçando foco.
Eu perguntei se ele tinha colado o celular no vidro para conseguir fazer a foto e ele me disse que sim e mesmo assim nunca conseguia fazer foto porque a câmera ficava lá perdida no foco.
Então perguntei onde ele estava tentando fazer o foco e a resposta me surpreendeu bastante: No sol (durante o pôr-do-sol)!
Saber como funciona o sistema de foco de uma câmera ou celular não é luxo. É obrigação se você quer aproveitar o seu equipamento para fazer boas fotos.
Disse então que ele teria que fazer foco em alguma área de constraste. Um coqueiro, uma pessoa, etc. Ou usar o foco manual que muitos celulares já permitem. Ou mesmo travar o foco automático, que muitos dos celulares mais simples também permitem.

Pra você que está buscando um novo professor, preparei então 5 dicas que vão te ajudar a não cair em furadas:

 

1) Pesquise sobre a vida profissional do professor;

Pode parecer óbvio, mas infelizmente não é. Tem muita gente querendo ensinar a arte de viver de fotografia sem nunca ter vivido dela.
Você tem toda a razão de pensar que podem existir bons professores com muito conhecimento, mas que não oficialmente trabalham com fotografia.
Aliás, eu mesmo sou um desses hoje. Com a minha mudança para um novo país, fiquei ao menos 3 meses sem trabalhar com fotografia. Mas esse cenário mudará em breve. Já recebi meu primeiro pedido de orçamento. 🙂
O fato é que apesar de hoje eu não estar oficialmente trabalhando como fotógrafo, eu tenho uma estrada de mais de 20 anos na área, sendo 10 exclusivamente como fotógrafo profissional.O que eu quero dizer com isso?
Que a vida é uma caixinha de surpresas e tudo muda o tempo todo. O que não muda é o conhecimento adquirido.
E nada como ter trabalhado profissionalmente para ter um conhecimento sólido.
Ficar dentro do quarto estudando fotografia é lindo, mas ir pro campo é o que te dá bagagens e muita história pra contar.

É como falar de uma guerra sem nunca ter estado em uma.
É como dizer que é fácil sem nunca ter tentado fazer.
A realidade é sempre diferente e mais dura do que o sonho cinematográfico da fama pela fotografia.

2) Procure pelo portfólio e veja se te inspira (se houver);

Tem muita gente dizendo que ensina iluminação avançada, mas não mostra o que é capaz de fazer. Só promete.
Tem muitos ensinando o básico de fotografia, mas você simplesmente não encontra nenhum portfólio deles.
Eu fico me perguntando: Como alguém se propõe a ensinar algo que não consegue mostrar que sabe?
De teoria e boas intenções o mundo está cheio, mas é de realidade que se vive. Nestas horas o sonho a gente deixa pro padeiro.
Este foi o motivo principal deste post.
Como professor do www.canaldafoto.com.br tem sido bastante comum receber mensagens de pessoas interessadas em comprar o curso para ensinar. Isso mesmo! Querem não só aprender fotografia, como copiar a didática e ensinar em instituições irresponsáveis que deveriam ter mais critérios na hora de contratar os professores.
A última mensagem que recebi diz o seguinte:” Ola, te encontrei no youtube, tenho interesse em fazer um curso pois pretendo a partir do mes de junho ministrar algumas aulas que serão gratuitas no xxxxxxx do meu município, já sou professor de informática, já tenho uma DSLR e preciso aprender o básico pra poder ensinar o pessoal, qual curso me recomendaria para esse fim? Obrigado.”

Um professor desses nunca terá portfólio para mostrar. Então você já se livra de um problema antes de entrar de cabeça.
Neste caso o barato sai muito caro!

3) Veja se as fotos são realmente dele.

Infelizmente tem muita gente roubando fotos por aí.
Quase todos os profissionais que sigo vez ou outra avisam que fulano colocou suas fotos no portfolio, no anúncio, etc.
Eu mesmo descobri por um aluno que virei garoto propaganda de um anúncio de uma financeira, salvo engano em Manaus.
Roubaram a foto que usava no banner do www.canaldafoto.com.br.
Já teve fotógrafo pegando foto minha, modificando e assinando como se fosse dele. Tem de tudo nesse mundão!Quer saber como se prevenir de gente desonesta?

É simples! Basta pegar a foto, entrar no google, clicar em IMAGENS e arrastar a foto lá.
O Google vai mostrar imagens iguais ou similares e então você poderá checar a autoria.
 

4) Se puder, peça para algum amigo entendido conversar com o professor para ver se não vai falar abobrinha;

Eu sei que esta não é a mais fácil de todas, mas é uma possibilidade interessante se você conhecer alguém com experiência e que possa te ajudar.
Já aconteceu comigo de uma aluna de outro curso vir conversar dizendo que estava feliz no outro curso, mas sempre quis aprender comigo.
Perguntou como eram as avaliações do Canal da Foto e eu disse que além da tarefa de conclusão, tinham perguntas que os alunos tinham que responder sobre o conteúdo.Então ela me disse que estava aprendendo sobre câmeras, já quase finalizando o curso e perguntou se eu podia enviar uma pergunta pra ela responder.

Enviei a pergunta e ela errou a resposta.
Ela enviou a pergunta pro grupo do whatsapp dos amigos do curso e todos os amigos erraram.
Então pediram pro professor dizer a resposta certa e adivinhe? O professor também errou.
E estou falando do curso básico de fotografia do Canal da Foto. Não é um curso de tecnologias avançadas do MIT.
Estou falando de um conhecimento que todo professor de fotografia devia saber.
Aliás, curiosamente, o assunto da pergunta era o nome da escola.
Se alguém funda uma escola de fotografia com um nome e não sabe nem o que de fato ele significa, isso me assunta muito. MUITO!!

Resumindo: Pesquise muito e vá para o item 5 a seguir.

5) Veja se tem alunos que se desenvolveram e estão fotografando bem/vivendo de fotografia;

Nada melhor do que saber se um curso é bom do que ver o resultado dos alunos.
Não só isso, mas ver os comentários reais de alunos que genuinamente agradeceram pelo conhecimento adquirido.

Hoje tenho orgulho de ver inúmeros alunos fotografando com maestria, vivendo ou não de fotografia.
E você encontra algumas de suas fotos clicando aqui para ver a galeria dos alunos.

Faça o mesmo sempre que estiver interessado(a) em algum novo curso de fotografia e aproveite o novo conhecimento.
Com estas dicas você minimiza a maioria dos problemas que hoje parecem besteira, mas podem se tornar grandes pesadelos.Um bom professor te motiva a querer sempre mais. Essa é a minha meta! Conte sempre comigo!

Repasse aos seus amigos para que não joguem dinheiro fora com professores que não sabem o que estão falando e fazendo. Vamos trabalhar juntos para a melhoria do ensino da fotografia no Brasil pela formação de profissionais mais qualificados.
 
—————————————-
Em tempo: Pra você que curte a didática do Canal da Foto e quer fazer meus cursos, acessa www.canaldafoto.com.br/planos-especiais/ e conheça o Plano Diamante do Canal da Foto. Você vai ter acesso a todos os meus cursos online de fotografia e vai muito longe com todo o conhecimento adquirido!
20 de abril de 2018

0Respostas em 5 Cuidados na hora de escolher seu professor de fotografia"

Deixe sua mensagem

Sobre o Canal da Foto

A proposta do Canal da Foto é oferecer um conteúdo totalmente diferenciado no ensino da fotografia.

A didática foi estudada e pensada para simplificar a vida de quem não sabe nada sobre fotografia. É uma linguagem absolutamente direta e com o mínimo de termos técnicos. O curso fala a lingua do aluno e o prepara, sem sentir, para dominar e entender os conceitos mais densos.

SITE SEGURO

© 2013 - 2018 - Canal da Foto    |    CNPJ: 10.482.177/0001-25